01 julho 2016

Colmeia - Projeto de Interiores Corporativos

Depois de muito tempo sem aparecer por aqui devido à rotina corrida, agora que mais um período acabou, posso retomar minhas atividades aqui!!

Nesse período acadêmico que passou, fiz diversas disciplinas como: interiores corporativos, ateliê de projeto VII, sistemas estruturais III, planejamento urbano e regional, estruturas metálicas, estruturas de concreto, auditoria e perícia ambiental e instalações elétricas. Como podem imaginar, pela quantidade de matérias, não foi nada fácil dar conta disso tudo em 4 meses, junto com um estágio de arquitetura!

Mas, só de pensar que já faltou muito mais para eu me formar, já dá uma pitada de esperança de que o sonho está cada vez mais próximo! Faltam agora 3 períodos para eu me tornar arquiteta e urbanista!

Agora vamos ao que interessa, que é o meu projeto de interiores corporativos. Foi um projeto, que mais uma vez, gostei muito de ter feito. Criei uma empresa, pesquisei sobre quantos funcionários ela precisaria, as especialidades de cada funcionário, os perfis dos clientes e elaborei um plano a ser seguido.


 Essas duas pranchas foram usadas no dia da apresentação para a banca de professores. A diagramação pode não ser das melhores mas a cada dia tenho tentado melhorar nisso, pois é uma exigência muito grande no campo acadêmico e de concursos. Acho que na rotina os escritórios (pelo menos os que não são muito famosos) acabam deixando essa parte de lado, que eu acho importantíssima para conquistar um cliente, além das imagens em 3d renderizadas.

Fez parte do projeto também as plantas técnicas com o memorial descritivo, impressas em A1 e encadernadas que seriam entregues apenas ao professor orientador da matéria.

 Criei uma empresa chamada COLMEIA que, resumidamente, permite que pessoas interessadas na melhoria da educação brasileira doem dinheiro diretamente para instituições públicas de ensino que mais se identificarem.


Essa é a recepção, como a empresa se chama Colmeia, resolvi usar cores que remetessem à colmeia de abelhas. Por isso há bastante amarelo espalhado pelo escritório! 


Criei um balcão personalizado para a empresa. Remetendo também à colmeia de abelhas. O painel logo atrás consiste em uma parede revestida com uma imitação de aço corten e um revestimento 3D por cima juntamente com o letreiro.


Criei também uma parede de espelhos que reflete a entrada principal do escritório e sua recepção.


Essa é a sala do presidente da empresa. Essa estante foi criada especialmente para ela. Para não se tornar cansativo, usei tons mais neutros e o piso todo de porcelanato que imita mármore.


A área de trabalho do pessoal, tem o piso em carpete nos formatos de colmeia espelhado com o forro de gesso com rebaixos de colmeias em amarelo e azul.


Uma das partes que mais gostei foi essa da área de descanso criativo. Criei colmeias gigantes onde as pessoas podem se sentar, relaxar e até trabalhar de forma diferente nas horas de almoço e quando precisarem.


Logo ao lado há uma área onde as paredes estão inteiramente revestidas com fórmica de quadro branco, para quando houver uma ideia, as pessoas poderem compartilhá-las.


Nessa foto dá para reparar que há, durante toda extensão de paredes que circundam a área de circulação, ripas de madeira uma ao lado da outra com espaçamentos iguais, para criar um movimento e não deixar que a parede fique totalmente lisa, sem graça.


Essa é uma das 3 salas de reunião. Sendo essa a maior. Criei um ambiente lúdico com a utilização de cores nesse papel de parede hiper colorido para fugir da tradição de ambientes mais sérios.


Também pensei na área de cozinha, onde o pessoal pode esquentar/resfriar/armazenar suas refeições e comê-las no balcão ou nas mesas logo em frente.


Há um elemento em forma de colmeia, que gira em torno do eixo, que serve como divisória entre a área de trabalho, copa e área de descanso.

Espero que tenha dado para absorver a atmosfera criada no projeto, de um ambiente criativo, aberto e colorido que tem um objetivo de se manter transparente devido à trabalhar diretamente com o repasse de dinheiro de diversos tipos de doadores.



Se você leu até aqui e gosta do conteúdo, peço que me ajude a produzir mais dando ideias do que você gostaria de ver por aqui!
Pode entrar em contato através da página no facebook ou instagram do Diarios de Arquiteta!
Aguardo seu contato!!

Obrigada por acompanhar o blog e até mais!!


27 setembro 2015

Projeto de paisagismo da Praça Oswaldo Cruz

Fiz um projeto de reforma de uma praça na matéria de Ateliê de Paisagismo juntamente com minha amiga Fernanda Assis. A Praça Oswaldo Cruz é aqui em Petrópolis (RJ) e fica localizada entre duas funerárias, com um cemitério perto, uma escola bem na frente, faculdade, comércio, Igreja, postos de gasolina.. Enfim, no meio de diversas coisas diferentes. Então o desafio era criar um ambiente que fosse agradável para crianças, idosos, pessoas que estão em velórios e adequada à grande circulação de pessoas devido a praça ser um local de passagem por causa da Rua Montecaseros.

A PRAÇA COMO É ATUALMENTE:


PROJETO PAISAGÍSTICO:
Como consideramos essa praça muito mórbida, resolvemos conferir um toque mais alegre à ela com a implementação de canteiros mais floridos, além de torná-la acessível a todos os públicos. A composição original dos canteiros é bem simétrica e a nossa proposta foi alterar e fazer com que tivessem formatos mais orgânicos e menos simétricos. Duas exigências eram que não poderíamos retirar as palmeiras dos locais originais nem o monumento(pergolado de pedras) e o busto na parte de trás da praça, por serem tombados.

Como há um ponto de táxi na lateral da praça e os taxistas utilizam as mesinhas para passar o tempo, apenas alteramos o local e o design das mesinhas junto ao parquinho, que foi elevado e totalmente renovado com um playground projetado especialmente para a praça. E como as pessoas que estão na funerária também utilizam essas mesinhas e elas são descobertas, resolvemos relocar, em frente à funerária, e criar uma proteção através de uma cobertura verde que além de tudo, colabora com a sustentabilidade.
Criamos um espelho d'água em frente a banca de jornal com bancos em toda sua volta, que também foi reposicionada voltada para o interior da praça. Como a circulação atual é confusa e a localização da faixa de pedestres é errada, reposicionamos e elevamos as faixas de pedestres 6 metros a partir da esquina onde ela era localizada anteriormente e criamos canteiros na praça afim de impedir que os pedestres atravessem pelo lugar errado e fora da faixa que criamos. E com essa setorização, foi melhorada a circulação que, anteriormente, os pedestres se 'embolavam' com as pessoas que esperavam ônibus.
(PS: as marcações no piso, para quem não sabe, são pisos podotáteis que auxiliam a locomoção de deficientes visuais)
Os monumentos tombados foram mantidos e apenas restaurados para que ficassem com aspecto mais limpo e foram colocadas plantas trepadeiras no pergolado de pedra. E como a iluminação da praça existente deixa muito a desejar, acaba não convidando as pessoas a permanecerem nela durante a noite. Então, criamos uma iluminação bem mais convidativa com diversos pontos de luz pela praça inteira, além de iluminação cênica nos coqueiros, elementos significantes como playground, os novos espaços cobertos e o espelho d'água.


O estacionamento lateral que é bastante utilizado pelos frequentadores da funerária e do comércio foi mantido e apenas retirado algumas vagas.




Esse projeto paisagístico também incluía a Rua Montecaseros além da praça, mas achei mais interessante mostrar a melhor parte que é a praça!

Comentem o que acharam do nosso projeto, espero que tenham gostado! 
Beijos e até a próxima!


30 julho 2015

[Receitinha] Kartoffelpuffer


Depois de muito tempo sem fazer nenhum post de receitinha aqui no blog... voltei com uma receitinha típica alemã chamada Kartoffelpuffer (ou em português panqueca/torta de batata). A receita é muito simples, os ingredientes são bem básicos e podem ser encontrados em qualquer lugar.

VOCÊ VAI PRECISAR DE:
- 10 batatas (de preferência aquela asterix)
- 02 ovos
- 1 xícara de farinha de trigo
- sal e tempero a gosto
- 01 cebola

MODO DE FAZER
01 - Descasque e rale as batatas. Como são muitas batatas na receita, é indicado deixá-las numa vasilha com água fria enquanto não termina de descascar/ralar as outras para que elas não escureçam.


02 - Descasque e rale a cebola (ou corte em pedaços pequenos) e acrescente à mistura:


03 - Bata os dois ovos e misture-os junto às batatas e cebolas com o sal a gosto



04 - Acrescente a farinha de trigo sempre misturando bem e depois faça bolinhos ou apenas complete ela não muito grossa em uma frigideira ou airfryer


05.1 - Eu testei fazer na AirFryer para ser mais saudável e sem óleo (ao contrário da receita original em que ela é frita com óleo) e deu certo! Lógico que há uma certa diferença quando comparada à que é frita com óleo (tudo que faz mal a gente gosta mais, não é?) mas FICA BOA DO MESMO JEITO!


05.2 - Se você preferir, pode fritar também na frigideira com óleo mesmo!


O bom dessa receita que ela é bem versátil e pode ser usada tanto como acompanhamento salgado quanto doce. Ela pode ser servida com requeijão (ou catupiry), purê de maçã ou geleia de frutas vermelhas. Eu nunca provei ela com os acompanhamentos doces, por enquanto só com requeijão! Então, fica à preferência de cada um!


Espero que tenham gostado e façam essa receitinha super fácil! 
Beijos e até a próxima receitinha! 

28 julho 2015

[Decoração] Cobogós na arquitetura

Você já ouviu falar em cobogó? Pra quem não sabe, cobogó é um tipo de elemento vazado que complementa parede tendo uma função de auxiliar na ventilação e luminosidade no interior de um imóvel. Inicialmente os cobogós eram feitos apenas de cimento mas com sua popularização passou a ser feito de outros materiais também como argila, cerâmica, vidro, entre outros.

Eu particularmente acho que cobogós podem ser grandes aliados da decoração de interiores e podem fazer bastante diferença quando aplicados de forma pensada. Quando colocados como fechamentos numa fachada, combinados com iluminação natural podem gerar efeitos bem interessantes do lado de dentro da construção. E nas fotos seguintes vocês entenderão o motivo!









Acho que com essas fotos todas já deve ter dado pra perceber suas inúmeras formas de aplicação e seus inúmeros efeitos!

Espero que tenham gostado do post e que tenham (re)conhecido esse material que amo tanto!
Copyright © 2014 | Design e C�digo: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo